Blog de uma leitora crónica, obsessiva livresca e bibliomaníaca. Os livros que li e as minhas opiniões.

Posts

Quarta-feira, 19 de Setembro de 2007

(Ano de edição:2006 )

Nas escadarias do Museu Egípcio, em pleno Cairo, Tomás Noronha é abordado por uma desconhecida. Chama-se Ariana Pakravan, é iraniana e traz consigo a cópia de um documento inédito, um velho manuscrito com um estranho título e um poema enigmático.

O inesperado encontro lança Tomás numa empolgante aventura, colocando-o na rota da crise nuclear com o Irão e da mais importante descoberta jamais efectuada por Albert Einstein, um achado que o conduz ao maior de todos os mistérios.

Uma história de amor, uma intriga de traição, uma perseguição implacável, uma busca espiritual que nos leva à mais espantosa revelação mística de todos os tempos.

Baseada nas últimas e mais avançadas descobertas científicas nos campos da física, da cosmologia e da matemática, A Fórmula de Deus transporta-nos numa surpreendente viagem até às origens do tempo, à essência do universo e ao sentido da vida.

 [Texto retirado da contracapa do livro]

 

Citações


(pág.264) "Não sabes como isso custa, acordar com esperança e perdê-la logo a seguir, como se alguém estivesse a brincar connosco, dando-nos o futuro num momento e tirando-o logo a seguir, como se a vida fosse um brinquedo e eu uma criança."

 

(pág.282) "Tudo é causa e consequência."

 

(pág.286) "Tudo está ligado a tudo, até o que parece não ter ligação."

 

(pág.287) "As coisas estão concebidas com tal subtileza que não é possível desvendar por completo o seu segredo mais profundo."

 

(pág.395) "Ao caminhar, caminha apenas. Ao sentares-te, senta-te apenas. Acima de tudo, não vaciles." - Yun Men

 

(pág.400) "O real é uno, apesar de parecer múltiplo. As coisas diferentes não passam de diferentes máscaras da mesma coisa (...)"

 

(pág.403) "Lembre-se do provérbio chinês: os professores abrem a porta, mas tens de entrar sozinho."

 

(pág.412) "Outro ditado Zen diz: quando um homem comum acede ao conhecimento, é um sábio. Quando um sábio acede ao conhecimento, é um homem comum."

publicado por xana às 00:12